Total de visualizações de página

sábado, 5 de junho de 2010

Quer sair mas já não tem amigos, tem filho e namorado.
Quer mas não pode.
Não sabe ainda porque insiste em querer.
É frio e tem um bom filme em casa.
É sábado e como mulher normal fica restrita a certas inconsequências.
Já não sabe mais o que não quer.
Toma um banho, põe o pijama, desliga o celular.
Fecha os olhos.
Lá vem o domingo....
Estudos, filho e pensamentos sobre aquilo que não foi.
Espera, ele vem, um dia.
Espera, persiste pelo impossível.

Um comentário:

Cristiano Melli disse...

Meu!
q lindo!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!