Total de visualizações de página

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Antônio

Lembro-me como se fosse ontem...eu tomando café, a bolsa rompida, eu achando que estava fazendo xixi nas calças tranquila (pensava que era uma última fase da gravidez- fazer xixi nas calças!).
Era ele querendo conhecer o mundo há cinco anos atrás.
Me fez mudar tanto, me fez ver felicidade onde eu nem sabia que existia.
Me faz amar loucamente, me fez fazer as pequenas coisas com calmaria.
E também trouxe ansiedade, medo, vontade de chorar.
Tá grande, quase na altura dos meus peitos.
Questiona tudo, até quando foi soprar a velinha e eu disse:
-Faz um desejo que ele se realiza!
Ele:
- Quando?
Eu sem resposta...milhares de perguntas que não faço idéia do que posso falar e assim vou aprendendo que ser mãe não é pra qualquer uma não!
Orgulho meu esses olhinhos azuis!
Que diz que o meu omelete é o melhor do mundo.
Que me abraça e enxuga minhas lágrimas quando choro.
Que me ensina a brincar.
Príncipe...o que seria da minha vida sem você?

Um comentário:

Thais disse...

Que lindo Pri! Sinto até falta do filho que ainda nem tive... beijo